Os desarrolhados desta edição (Dezembro-Maio 2015)

wine_bottles

Segue uma lista de sugestões frescas e borbulhantes, digna de uma edição de verão:

La flor Malbec rosé (2014), Pulenta Estate

Vinho rosado de  aroma  fresco e frutado,  com cheiros que lembram marmelo. No final é redondo  e equilibrado. Ideal para
harmonizar com uma salada ligeira!

 María Codorníu Sur Brut Nature – Septima

Amarelo pálido na cor, pão torrado no nariz e uma acidez não tão marcada que faz deste um espumante delicado e fácil de beber. A harmonização sugerida aqui é simples e deliciosa: o “Maria” vai de mãos dadas com o queijo azul e mel.

 Passo Blanco Pinot Grigio-Torrontes (2011), Massi

De cor quase translúcida, com marcada acidez tanto no nariz como na boca. Notas florais e frutas tropicais maduras (abacaxi). Bem diferente, para refrescar o paladar de uma comida tailandesa  ou hindu.

 Buenos hermanos Torrontés (2014) Gimenez Riili

Torrontés elaborado com uvas do Norte (La Rioja). Amarelo claro na cor, seu aroma vai do cítrico ao floral. Na boca os sabores são harmônicos com uma acidez equilibrada, tornando-o muito refrescante, e ficará  ainda melhor se combinado com empanadas “salteñas”.

 Chin Chin Brut Nature , Carinae

Sempre há uma boa razão para o brinde. O espumante da Carinae, que faz honra ao Tim Tim, se apresenta como uma explosão de
borbulhas com notas de torrado e levedura. No nariz é delicado, tropical e floral. A votre santé, Salud, Cheers ou  Chin Chin para vocês!

Carmela Benegas (2014), Benegas Lynch

Vinho rosado de boa intensidade na cor. Aromas de fruta vermelha acompanhada por notas de  caramelo. No final da boca é agradável e fresco. Companheiro perfeito para um piquenique de luxo!

Serbal Viognier (2013), Atamisque

Notas de mel e frutas tropicais tanto no nariz como na boca. Super delicado e elegante. Provoca-nos para seguir bebendo-o. É muito gostoso…Quase um perigo!. Dica: harmonizar com Truta grelhada junto com purê de cenoura… De-li-ci-o-soooo!

 Atemporal, Extra brut (branco) Altavista

 O vinho espumante mais delicado da vinícola Altavista, no nariz tem aromas que lembram maça e abacaxi.  Na boca sente-se  fresco e elegante. Sabores que lembram pêssego e notas torradas.  Sem dúvida, uma excelente escolha para receber o 2015!

Anúncios

Uma resposta para “Os desarrolhados desta edição (Dezembro-Maio 2015)

  1. Pingback: Editorial-Wine Republic N 5 |·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s