Que tão verde é  Mendoza?

Emilie Giraud vai de visita ao Green Market Mendoza

Tradução: Leia Zimmermann

greenmarket5A primeira vista  Mendoza parece cumprir com todos os requerimentos de uma “cidade verde” e ecologicamente consciente. A gigantesca e selvagem Cordilheira dos Andes, onipresente no campo visual, inspira um respeito imediato pela natureza. Rodeado de deserto, o oásis de Mendoza é dependente de um frágil sistema de canais e alamedas necessários para gerar umidade e sombra. No verão, a frequência dos cortes de água, lembra a seus habitantes a escassez do dito recurso. A planificação urbana dos fins do século XIX deu origem ao Parque General San Martin, um pulmão verde de mais de 450 hectares  considerado como um dos parques municipais mais espetaculares  e melhor cuidado de todo o continente…Mas a realidade é menos utópica.

Os mendocinos  têm o hábito   a gastar demasiadamente  água e gás. A energia solar é quase inexistente num estado com 340 dias de sol ao ano, a questão dos  resíduos  deixa muito a desejar e por mais que a cidade seja plana, somente os  ativistas ecológicos mais valentes têm coragem de circular em bicicleta por fora das- muito poucas- ciclovias disponíveis na cidade.

greenmarket1

Afortunadamente  a agenda verde está aparecendo na Capital Andina. Desde Novembro de 2013, uma iniciativa ambiental e bastante popular, o Mendoza Green Market,  contribui  a difundir  iniciativas locais sustentáveis. Segundo Jazmin, uma de suas criadoras, o Green Market  é “ uma ideia louca de três mulheres loucas, agora seguida por muitas outras pessoas loucas.”

greenmarket3

O certo é que visitar a este mercado verde é uma grande oportunidade de sair do circuito turístico tradicional para conhecer os produtos e a hospitalidade local. Os últimos mercados se instalaram no Parque Raúl  Alfonsín no distrito municipal de Godoy Cruz, a poucas quadras do centro da cidade. Ali, podemos encontrar mais de 50 estandes coloridos e floridos onde pequenos produtores ecológicos oferecem uma grande diversidade de mercadorias e de comidas saudáveis como pizzas feitas de farinha integral, hambúrguer para vegetarianos, sobremesas livres de glúten, sorvetes orgânicos, iogurte de leite cru, cervejas artesanais, vinhos orgânicos e biodinâmicos, e além disso, bicicletas recicladas, móveis com um toque vintage, plantas e flores.

greenmarket4

“ As pessoas nem sempre compram mas formam um público muito atento e respeitoso e não é estranho ver realizar-se  conversas nos estandes de produtores para explicar como fazer húmus, dar uma aula improvisada de reciclagem ou contar em que consiste a agricultura biodinâmica”, diz Jazmin. “No Green Market , pode-se apreciar um ambiente terno e positivo de avós comendo um “cachorro-quente  vegano” ou adolescentes que se deixam convencer com sucos orgânicos caseiros de beterraba em vez de coca- cola”. O encontro também oferece atividades grátis como ioga, chi kung ou aulas de cozinha saudável e  música ao vivo.

greenmarket

O Green Market é um encontro popular  que ocorre cada mês e nestes dois dias de encontro se reúnem em  média 30 mil pessoas. O público, muito eclético, está composto de pessoas do bairro, de famílias, de profissionais gastronômicos, e de pessoas que passam como  ciclistas, hippies, patinadores e artistas..

A onda verde finalmente alcançou Mendoza!

Consultar a data do próximo Green Market na página: www.facebook.com/MendozaGreenMarket

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s